Venda propósito. Ganhe relacionamentos.

A definição do propósito passa pelo reconhecimento do PORQUÊ da venda de determinado produto ou serviço. É o que vai fazer com que o cliente se identifique com a sua marca.



Segundo o palestrante e um dos maiores influenciadores da gestão, Simon Sinek, um cliente não compra O QUÊ você faz. Ele compra o PORQUÊ você faz. É um processo de fora para dentro, ou seja, é preciso imergir no que de fato pretende trazer de transformação para o seu cliente. Se olharmos, por exemplo, para o Walt Disney, lá em 1923, ele tinha um sonho, um propósito e não era ter um parque de diversões. Era fazer as pessoas felizes. Até hoje, a companhia vive e fomenta esse propósito junto aos seus clientes e todos nós conhecemos os resultados.


A Apple é um outro exemplo. O irreverente Steve Jobs sempre quis algo além de produzir computadores. Ele acreditava em desafiar o status quo e fazer as coisas de maneira diferente. Já o COMO da Apple, ou seja como ela materializa o seu propósito, é a fazer produtos visualmente bonitos e fáceis de usar. E depois de tudo isso é que definiu-se o O QUÊ a Apple iria vender: computadores, smartphones, máquinas. Podíamos aqui trazer muitos outros exemplos de marcas como Dropbox, Airbnb, Tinder, Amazon.


Em tempos de Gestão 4.0, um dos fatores imprescindíveis é conhecer o propósito do negócio e criar diferencial para a marca. É destacar-se frente à concorrência que está focada em vender apenas o produto. O comportamento do consumidor mudou drasticamente nos últimos tempos e mudará cada vez mais com os avanços tecnológicos e com os novos propósitos de vida buscados por tantos. Com o imenso acesso à informação, com as incontáveis formas de acedê-las, as pessoas querem entender o motivo de adquirir um produto. Os gostos mudam a cada dia, a procura é por experiência.


Por isso, o reconhecimento do propósito faz-se tão importante, pois vai auxiliar seu negócio a criar conexão com esse cliente que busca consumir o que faz sentido para a vida dele. Se olharmos, por exemplo, para a geração dos millenials, eles já não consomem mais como as gerações passadas. Há outras buscas, novos focos, novas vontades.


Para se fazer presente numa Era como a qual estamos a construir dia após dia, será necessário repensar negócios e ter propósitos. É obrigatório ter conexão, ser genuíno, as pessoas vão investigar se a sua marca é realmente o que você diz ser. Qualquer falha que possa haver aqui, as redes sociais estão totalmente abertas para que tudo o que tentou construir morra rapidamente.


Venda propósito e ganhe relacionamento duradouro com seus clientes. Com certeza isso fará com que sua marca seja diferenciada e lembrada nesse mundo que só sobrevive quem acompanha as transformações.


Fique sempre por dentro dos posts da Camila Leite Business & People!

Receba novos insights diretamente no seu email.

Inscreva-se logo abaixo (rodapé)


Conheça as mentorias da Camila Leite Business & People!

Clica aqui.

9 visualizações

Posts recentes

Ver tudo